BENEFÍCIOS DA LINHAÇA

Geralmente é encontrada como grão integral, moído, ou na forma de óleo.

Os benefícios da linhaça são atribuídos ao ômega 3, ômega 6 e às fibras alimentares. Como o organismo humano é incapaz de sintetizar esses ácidos graxos eles são denominados essenciais e devem ser obtidos através da dieta.

Alimento funcional: A semente de linhaça é hoje considerada um alimento funcional, depois de séculos de uso na alimentação e na medicina natural. Possui vários efeitos que a torna útil na prevenção e tratamento de doenças como diabetes tipo 2, doenças no fígado, pressão alta, artrite reumatóide, embolias, auxiliam na redução de riscos de doenças cardiovasculares, aterosclerose e prevenção de certos tipos de câncer.

Tipos de linhaça: Existem dois tipos de linhaça, a marrom e a dourada. As duas praticamente não se diferem em sua composição nutricional, mas sim em relação ao local de plantio e cultivo. A linhaça marrom é cultivada em regiões de clima úmido e quente, como o Brasil e a dourada é plantada em regiões frias, como o Canadá.

Como consumir a linhaça? 

A recomendação para consumo de linhaça é de porções de 8g (1 colher de sopa) de semente de linhaça moída ou 2,5 g (1/2 colher chá) de óleo de linhaça por dia que oferecem as quantidades ideais de ω-3 e ω-6.

Tanto a farinha da linhaça quanto os grãos podem ser utilizados como ingredientes no preparo de pães, bolos e biscoitos e também podem ser consumidos com sucos, vitaminas, sopas, iogurte e frutas.

O consumo diário da linhaça trás benefícios à saúde, porém deve-se aliar a uma alimentação saudável composta de boas escolhas alimentares.